Joel e a esperança em um Deus universal e libertador frente à ambiguidade do monoteísmo

Luiz Alexandre S. Rossi, Natalino das Neves

Resumen


O artigo tem por objetivo comparar os resultados entre as principais reformas políticoreligiosas em nome do monoteísmo em Israel com a mensagem de Joel. Descrever-se-á as reformas de Ezequias e Josias, e a reforma étnica de Esdras e Neemias. Na sequência, é apresentada a mensagem universalista e libertadora de Joel, com destaque para as perícopes de Joel 3,1-5 e 4,4-8, visando a comparação entre esta e aquelas. Trata-se de uma pesquisa essencialmente bibliográfica. O resultado evidencia que a instituição do monoteísmo foi ambígua, oscilando entre opressão e humanização. Enquanto as reformas monárquicas e de Esdras e Neemias serviram mais a objetivos políticos e de dominação, a mensagem de Joel contribuiu para ações mais inclusivas e libertadoras.


Texto completo:

PDF

Referencias


Bíblia Sagrada Online. Edição Pastoral. Disponível em: Paulus Editora, http://www.paulus.com.br/biblia-pastoral/_PTG.HTM (acesso em 25 novembro 2014).

Croatto, José Severino. Historia de salvación: la experiencia religiosa del pueblo de Dios. Estella (Navarra): Verbo Divino, 1995.

_____. Isaías: la palabra profética y su relectura hermenéutica. Vol. 2. Buenos Aires: Lumen, 1994.

Dietrich, Luiz José. Violências em nome de Deus. São Leopoldo (RS): CEBI, 2013.

Donner, Herbert. História de Israel e dos povos vizinhos: da época da divisão do reino até Alexandre Magno. São Leopoldo: Sinodal, 2006.

Fernandes, Leonardo Agostini. O anuncio do Dia do Senhor: significado profético e sentido teológico de Joel 2,1-11. São Paulo: Paulinas, 2014.

Fohrer, Georg. História da religião de Israel. São Paulo: Paulinas, 1983.

Gallazzi, Sandro. “Por medio de él: el designio de Dios ha de triunfar”. Revista de interpretación bíblica latinoamericana 21 (1995): 11-34.

Godoy, Daniel. “O derramamento do espírito: fortalecimento dos enfraquecidos”. Tese (Doutorado em Ciências da Religião), Universidade Metodista de São Paulo, Faculdade de Filosofia e Ciências da Religião, São Paulo, 2001.

Hubbard, David Allan. Joel e Amós: introdução e comentário. São Paulo: Vida Nova, 1996.

Kapelrud, Arvid S. Joel Studies. Uppsala e Leipzig: A. B. Lundequistska Bokhandeln e Otto Harrassowitz, 1948.

Kessler, Rainer. História social do antigo Israel. São Paulo: Paulinas, 2009.

Koch, Klaus. The Prophets. Vol. 1. The Assyrian Period. Philadelfia: Fortress Press, 1983.

Koester, Helmut. Introduction to the New Testament: History, Culture and Religion of the Hellenistic Age. Vol. 1. New York: Bu Walter de Gruyter & Co., 1980.

Konzen, Léo Zeno e Décio José Walker. “Noventa cabeças por um talento: sobre a escravidão no tempo dos Macabeus”. Estudos bíblicos 18 (1998): 45-52.

Lienemann-Perrin, Christine. Missão e diálogo inter-religioso. São Leopoldo (RS): Sinodal, 2005.

Liverani, Mário. Para além da Bíblia: história antiga de Israel. São Paulo: Paulus e Loyola, 2008.

López, Rolando. “Redención de la tierra y del pueblo”. Revista de interpretación bíblica latinoamericana 18 (1994): 31-42.

Rendtorff, Rolf. A formação do Antigo Testamento (5.ª ed.). São Leopoldo: Sinodal, 1998.

Ribeiro, Júlio Cézar. “A geografia do modo de produção escravista”. Revista Eletrônica da Associação dos Geógrafos Brasileiros (1989).

Rossi, Luiz A. S. Como ler o livro de Joel. São Paulo: Paulus, 1998.

Sicre, José Luis. Profetismo em Israel: o profeta, os profetas, a mensagem (3.ª ed.). Petrópolis: Vozes, 2008.

Smith, Mark S. O memorial de Deus: história, memória e a experiência do divino no Antigo Israel. São Paulo: Paulus, 2006.

Triana Fernández, Pedro J. “Caminar hacia la esperanza: una lectura de Joel 3.1-5”. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião), Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 1994.




DOI: http://dx.doi.org/10.11144/javeriana.tx67-184.jedulf

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licencia de Creative Commons
Esta obra está registrada bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional.
Creado a partir de http://revistas.javeriana.edu.co/.