##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Resumen

O presente estudo expõe um panorama sobre a questão do ensino superior no magistério da Igreja Católica. Estrutura-se em dois tópicos que focam, respectivamente, as raízes históricas do ensino superior, no âmbito do processo de institucionalização do cristianismo e os textos do magistério dedicados ao assunto. Afirma que a tradição escolástica e o Concilio Vaticano II constituem dois epicentros em torno dos quais gravita a questão, sendo esse último a referência fundamental para o diálogo entre a fé a razão no contexto da sociedade plural e tecnocientífica de nossos dias.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Keywords

Ensino superior, magistério de Igreja, universidade, fé e ciência

References
Calabi, Francesca. História do pensamento judaico-helenístico. São Paulo: Loyola, 2013.

_____. Fílon de Alexandria. São Paulo: Paulus, 2014.

Celam Os cristãos na universidade. Petrópolis: Vozes, 1968.

Concílio Vaticano II. Compêndio do Vaticano II. Petrópolis: Vozes, 1986.

_____. “Declaração Gravissimum educationis sobre a educação cristã”. In Compêndio do Vaticano II, 581-586. Petrópolis: Vozes, 1986.

Congregación para la Educación Católica. “Educar para o diálogo intercultural na escola católica. Vivir juntos una civilización de amor”. Vatican, http://www.vatican.va/roman_curia/congregations/ccatheduc/documents/rc_con_ccatheduc_doc_20131028_dialogo-interculturale_sp.html (acesso em 25 de Agosto de 2014).

De Aquino, Tomás. Suma teológica. Vol. IV. São Pulo: Loyola, 2005.

De Ridder-Symoens, Hilde. História da universidade europeia. Vol. I. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1992.

Foulquié, Paul (org.). A Igreja e a educação. Rio de Janeiro: Agir, 1957.

Francisco. Exortação Evangelii gaudium. São Paulo: Paulinas, 2013.

_____. Encíclica Laudato si’. São Paulo: Paulus, 2015.

Grant, Edward. História da filosofia natural: do mundo antigo ao século XIX. São Paulo: Madras, 2009.

Jaeger, Werner. Cristianismo primitivo y paideia griega. Mexico: Fondo de Cultura Económica, 1999.

Japiassu, Hilton. Ciência e destino humano. Rio de Janeiro: Imago, 2005.

João Paulo II. Constituição apostólica Ex corde ecclesiae. São Paulo: Paulinas, 2000.

_____. Fides et ratio. São Paulo: Loyola, 1998.

Leão XIII. “Encíclica Aeterni patris (1879)”. In Documentos de Leão XXIII. São Paulo: Paulus, 2005.

_____. “Encíclica Rerum novarum (1891)”. In Documentos de Leão XXIII. São Paulo: Paulus, 2005.

Leers, Bernardino. Moral cristã e autoridade do magistério eclesiástico. Conflito-diálogo. Aparecida: Santuário, 1991.

Nemo, Philippe. O que é o Ocidente? São Paulo: Martins, 2005.

0’Malley, John W. O que aconteceu no Vaticano II. São Paulo: Loyola, 2014.
Pio XI. Encíclica Divini illius magistri. Rio de Janeiro: Agir, 1957.

_____. “Deus scientiarum dominus. Consttución apostólica sobre las universidades y las facultades de estudios eclesiásticos”. Mercaba, http://www.mercaba.org/PIO%20XI/deus_scientiarum_dominus.htm (acesso em 25 de agosto de 2014).

Stein, Gesuída B. A educação nos documentos da Igreja Católica Apostólica Romana. Brasília: Universa Editora, 2001.

Tarnas, Richard. A epopeia do pensamento ocidental. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999.

Theissen, Gerd. A religião dos primeiros cristãos: uma teoria do cristianismo primitivo. São Paulo: Paulinas, 2009.

Verger, Jacques. Cultura, ensino e sociedade no Ocidente nos séculos XII e XIII. Baruru: Edusc, 2001.

Vilanova, Evangelista. Historia de la teología cristiana. Vol. I. Barcelona: Herder, 1987.
Cómo citar
Décio Passos, J. (2018). Ensino superior e magistério da Igreja. A meta da verdade e o método do diálogo. Theologica Xaveriana, 68(185). https://doi.org/10.11144/javeriana.tx68-185.esmi
Sección
Artículos
Artículos más leídos del mismo autor/a