Avaliação cognitiva de pacientes em cuidados paliativos: estudo piloto

Silvia Patricia Fernandes Coelho, Cintia Pinho-Reis, Manuel Luis Vilas Capelas, Luis Sá

Resumen


Objetivo: avaliar o estado cognitivo dos pacientes com necessidades paliativas, internados numa unidade de convalescença, através da utilização do instrumento, Escala de Pfeiffer. Material e métodos: estudo descritivo, observacional e transversal, realizado em 23 pacientes internados numa unidade de convalescença, em Portugal, no período 18 de fevereiro e 5 de março de 2014. A avaliação cognitiva foi efetuada com recurso à Escala de Pfeiffer-Versão Portuguesa. A análise estatística foi realizada com metodologia descritiva e analítica. Resultados: mais de 50% dos inquiridos erraram as questões que solicitavam o número de telefone e morada (82,6%), conta de subtração (60,9%) e o nome do anterior Presidente da República (56,5%). Pacientes com alterações cognitivas têm uma mediana de 83 (66-87 anos). Conclusão: o estudo sugere que o uso da Escala de Pfeiffer constitui-se um instrumento
adequado para a avaliação do estado cognitivo, dos pacientes com necessidades paliativas.


Palabras clave


cuidados paliativos, determinação de necessidades de cuidados de saúde, cognição, pacientes internados, cuidados de enfermagem.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: http://dx.doi.org/10.11144/Javeriana.ie20-1.acpc

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Licencia de Creative Commons
Esta obra está registrada bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional.
Creado a partir de http://revistas.javeriana.edu.co/.