Publicado Jan 1, 2007



PLUMX
Google Scholar
 
Search GoogleScholar
Descargas


Silmara Cimbalista

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Resumen
Este artigo relata a visão, a consciência e a tolerância de trabalhadores na sobrevivência diária de seu trabalho nas empresas. Pretende-se, portanto, explanar sobre alguns tipos de sofrimento vividos por trabalhadores, na sua maioria ocupando postos de trabalho em chão de fábrica, em montadoras de veículos e indústria de autopeças, localizadas na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). As informações e os relatos aqui descritos derivam das entrevistas realizadas para fins de elaboração de tese de doutoramento da autora. Apesar da dificuldade de pesquisador em se abster de sentimento diante dos relatos ouvidos nas entrevistas com os trabalhadores, conseguiu-se interpretá-los a guisa do conhecimento de estudiosos da sociologia do trabalho e do comportamento organizacional.
Keywords

adversidade, psicologia do trabalho, flexibilidade no trabalho, sofrimento, indústria automobilísticaadversity, work psychology, flexible production system, suffering automotive industry

References
Cómo citar
Cimbalista, S. (2007). Sufrimiento: los significados adversos de las condiciones de trabajo en el sistema de producción flexible. Universitas Psychologica, 6(1), 69–78. Recuperado a partir de https://revistas.javeriana.edu.co/index.php/revPsycho/article/view/95
Sección
Artículos